RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES E NOVIDADES GRATUITAMENTE EM SEU E-MAIL, CADASTRE-SE ABAIXO:


RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES E NOVIDADES GRATUITAMENTE EM SEU E-MAIL, CADASTRE-SE ABAIXO:


terça-feira, janeiro 10, 2017

Tribunal de Justiça divulga resultado do processo seletivo de estagiários





Foi divulgado o resultado do Processo Seletivo para Estágio no Poder Judiciário do Estado de Rondônia, que teve mais de cinco mil inscritos para as 109 vagas disponibilizadas em diversas áreas. As listas de classificação estão na página do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) por nível (superior e médio), além da listagem das Pessoa Com Deficiência (PCD). No link também estão à disposição dos interessados os cadernos de questões e o gabaritos com as respostas.
As inscrições foram gratuitas e feitas pela internet. As provas aplicadas no dia 20 de novembro, em Porto Velho e mais 22 duas cidades. Os aprovados desenvolverão suas atividades em regime de 25 horas semanais, preferencialmente no período matutino. As bolsas pagas aos estagiários são nos valores de R$ 950,00, para o nível superior, e, para o nível médio, R$ 450,00, mais auxílio-transporte.
A seleção conta com uma Central de Atendimento, coordenada pelo CIEE/RO, na Av. Calama, 2472, Sala 3, Bairro São João Bosco, Porto Velho-RO, podendo ser contatada pelos telefones (69) 2182-0450/0440 ou e-mail: ( processoseletivotjro@ciee.org.br O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ).
 
 
 
 
Assessoria de Comunicação Institucional
Share:

segunda-feira, janeiro 09, 2017

HAVERÁ CONCURSO SIM: SECRETÁRIA DE ESTADO DE SAÚDE PROMOVE DISPENSA DE LICITAÇÃO E CONTRATA FUNRIO PARA REALIZAR CONCURSO PARA PROVIMENTO DE 1.284 VAGAS




DISPENSA DE LICITAÇÃO

 Processo nº 01-1712.00477-0000/2015

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas atribuições legais, considerando o Parecer n. 2356/PGE/2016 (fls. 439/441), tendo como objeto a contratação de instituição como o intuito de realizar concurso público para provimento de 1.284 (mil cento e oitenta e quatro) vagas de cargos efetivos, mediante Temo de Ratificação de Dispensa de Licitação, com fundamentação legal nos termos do artigo 24, XIII, da Lei Federal n. 8.666/93, bem como, no que tange a despesa, o valor a ser pago à empresa será o correspondente ao montante arrecadado proveniente das taxas de inscrições, do qual será subtraído 5% (cinco por cento) de desconto do valor total arrecadado em favor do Tesouro Estadual de Rondônia, conforme justificativa de dispensa de dispensa de licitação (fls. 427/235), em favor da Fundação FUNRIO, CNPJ n. 23.985.753/0001-07...”

Porto Velho, 28 de dezembro de 2016.

WILLIAMES PIMENTEL DE OLIVEIRA


SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE


Fonte: DIOF

Share:

quinta-feira, dezembro 15, 2016

Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça descriminaliza desacato a autoridade






Quinta Turma descriminaliza desacato a autoridade

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) descriminalizou a conduta tipificada como crime de desacato a autoridade, por entender que a tipificação é incompatível com o artigo 13 da Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica). A decisão foi tomada na sessão desta quinta-feira (15).
O ministro relator do recurso no STJ, Ribeiro Dantas, ratificou os argumentos apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF) de que os funcionários públicos estão mais sujeitos ao escrutínio da sociedade, e que as “leis de desacato” existentes em países como o Brasil atentam contra a liberdade de expressão e o direito à informação.
A decisão, unânime na Quinta Turma, ressaltou que o Supremo Tribunal Federal (STF) já firmou entendimento de que os tratados internacionais de direitos humanos ratificados pelo Brasil têm natureza supralegal. Para a turma, a condenação por desacato, baseada em lei federal, é incompatível com o tratado do qual o Brasil é signatário. 
Controle de convencionalidade
Ao apresentar seu voto, o ministro Ribeiro Dantas destacou que a decisão não invade o controle de constitucionalidade reservado ao STF, já que se trata de adequação de norma legal brasileira a um tratado internacional, o que pode ser feito na análise de um recurso especial, a exemplo do que ocorreu no julgamento da Quinta Turma.
“O controle de convencionalidade não se confunde com o controle de constitucionalidade, uma vez que a posição supralegal do tratado de direitos humanos é bastante para superar a lei ou ato normativo interno que lhe for contrária, abrindo ensejo a recurso especial, como, aliás, já fez esta corte superior ao entender pela inconvencionalidade da prisão civil do depositário infiel”, explicou Ribeiro Dantas.
O ministro lembrou que o objetivo das leis de desacato é dar uma proteção maior aos agentes públicos frente à crítica, em comparação com os demais, algo contrário aos princípios democráticos e igualitários que regem o país.
“A criminalização do desacato está na contramão do humanismo, porque ressalta a preponderância do Estado – personificado em seus agentes – sobre o indivíduo”, destacou o ministro.
Outras medidas
O magistrado apontou que a descriminalização da conduta não significa liberdade para as agressões verbais ilimitadas, já que o agente pode ser responsabilizado de outras formas pela agressão. O que foi alterado é a impossibilidade de condenar alguém, em âmbito de ação penal, por desacato a autoridade.
No caso submetido a julgamento, um homem havia sido condenado a cinco anos e cinco meses de reclusão por roubar uma garrafa de bebida avaliada em R$ 9,00, por desacatar os policiais que o prenderam e por resistir à prisão. Os ministros afastaram a condenação por desacato.
Leia o voto do relator.
Esta notícia refere-se ao(s) processo(s):REsp 1640084

Fonte: STJ


Share:

ESTUDAR NÃO É SOFRER! É VIDA! RECOMEÇAR....



"RECOMEÇAR

Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado.

Chorou muito?
Foi limpeza da alma.

Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia.

Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os outros.

Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora.

Pois é!
Agora é hora de iniciar,
de pensar na luz,
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso,
ou aquele velho desejo de apRender a pintar,
desenhar,
dominar o computador,
ou qualquer outra coisa?

Olha quanto desafio.
Quanta coisa nova nesse mundão
de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho?
Besteira!
Tem tanta gente que você afastou
com o seu "período de isolamento",
tem tanta gente esperando apenas um
sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza nem
nós mesmos nos suportamos.
Ficamos horríveis.
O mau humor vai comendo nosso fígado,
até a boca ficar amarga.

Recomeçar!
Hoje é um bom dia para começar
novos desafios.

Onde você quer chegar?
Ir alto.
Sonhe alto,
queira o melhor do melhor,
queira coisas boas para a vida.
pensamentos assim trazem para nós
aquilo que desejamos.

Se pensarmos pequeno,
coisas pequenas teremos.

Já se desejarmos fortemente o melhor
e principalmente lutarmos pelo melhor,
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental.

Joga fora tudo que te prende ao passado,
ao mundinho de coisas tristes,
fotos,
peças de roupa,
papel de bala,
ingressos de cinema,
bilhetes de viagens,
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora.
Mas, principalmente,
esvazie seu coração.
Fique pronto para a vida,
para um novo amor.

Lembre-se somos apaixonáveis,
somos sempre capazes de amar
muitas e muitas vezes.
Afinal de contas,
nós somos o `Amor'"

PAULO ROBERTO GAEFKE
Share:

COMO SER APROVADO EM CONCURSO À LUZ DA BÍBLIA

COMO SER APROVADO EM CONCURSO À LUZ DA BÍBLIA [i]




Caros amigos é com grande alegria que estamos inaugurando hoje o nosso espaço momento com Deus, abordando sobre um assunto que é de interesse de todos: “Como ser aprovado em concurso público à luz da bíblia”, aproveitem, pois, esse ano será de grande benção em todos os sentidos na sua vida e na nossas vidas! Será um ótimo ano de concurso público, pode ter certeza. Sua hora tá chegando. Mas, para isso vamos aos segredos que estão na bíblia sagrada:

Na Primeira Epistola do Apóstolo S. Paulo Aos Coríntios no Capítulo 9 (nove) versículo 24-27 expõem os segredos:

24 Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.

25 E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível, nós, porém, uma incorruptível.

26 Pois eu assim corro, não como a coisa incerta: assim combato, não como batendo no ar.

27 Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

Esse simples texto é de muita relevância para a vida de um concursando comprometido na sua designação que é passar em concurso público. Vamos agora ver a aplicabilidade desses versículos para se alcançar a tão sonhada aprovação.

I Aos Coríntios, 9: 24-27

24 Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.

Concursando! Não é de seu conhecimento que todos que buscam a aprovação em concurso público, na verdade, correm, mas a vaga é só de um, pois, bem sabemos que cada vaga é designada só para uma pessoa. Caso, você não se ache em condições de alcança lá! Corra de tal maneira que a alcanceis.

25 E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível.

Não vai dar para passar em concurso público vivendo da forma que você viveu até hoje, vai ter que abrir mão de muitas coisas para alcançar o tão sonhado cargo, vai ter que se abster de coisas boas e lícitas para ter um maior rendimento, pois, se você fizer o que sempre fez, sempre terá o mesmo resultado! Concursando todo dia há casos de corrupção envolvendo servidores públicos, pois, não valorizaram tanto esforço para alcançar o cargo, mas, é perceptível que grandes partes desses servidores corruptos entraram no serviço público sem fazer concurso público, anterior a Constituição de 1988, pois, a partir da Constituição Federal de 1988, há expressa exigência de concurso público[ii]. Você que tem a cada dia corrido atrás desse sonho e que está mais perto de realizar, não vai ser corruptível! Você vai desempenhar sua função da melhor maneira que for possível; vai procurar fazer justiça[iii]. Você vai fazer parte da nova geração de servidores e membros que se preocupam com os cidadãos, pois, são eles que nos pagam, por isso vai se tornar incorruptível.

26 Pois eu assim corro, não como a coisa incerta: assim combato, não como batendo no ar.

Então caro concursando vai ter que dedicar-se, esforçar-se, ter foco e disciplina[iv] não vai poder ficar com dúvida se realmente você quer ser servidor público! Lembre-se você não vai poder ter duas coisas no coração, pois, aquele que tem duas coisas no coração já começa derrotado! Lá em Lucas 12 – 34 aduz “Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração”, se você concursando estiver esse desejo de ser servidor público no seu coração, tenha certeza que vai conseguir, pois, isso será o seu tesouro. Logo, não vai poder ficar estudando de forma errada como: estudar com face, instagram, whatsapp e outras redes sociais ligadas no horário de estudo; não poderá ficar estudando atendendo o celular, coloque ele no silêncio para depois retornar, bem como, não poderá ficar dormindo muito. Nem muito menos ficar estudando para todo concurso que sair[v], vai ter que estabelecer um objetivo e focar nele, aproveitando lógicos os concursos parecidos que surgirem.

27 Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

Por conseguinte, caro concursando vai ter que subjugar seu corpo, reduzir ao máximo, tudo para alcançar o cargo público. Lembre-se que a partir de quando você começou a estudar para concurso, todos, estão te observando! Não ligue para os que os outros vão falar, lembre-se que nada resistir à força do estudo, com dedicação e disciplina. Já disse Henry Ford "Se você pensa que pode ou se você pensa que não pode, de qualquer forma, você tem toda a razão." Logo, concursando se você fizer tudo isso que está escrito aqui, não terá jeito! Você conseguirá e olhará para trás e lembrar-se-á de toda a trajetória percorrida e vai poder falar VALEU APENA PASSAR POR TUDO ISSO. Lembre-se que é temporário, logo, poderá dar esse troféu para sua família e amigos, pois, ninguém chega a lugar nenhum sozinho. Só depende de você!

A bíblia é o manual do ser humano, logo, caso você tenha alguma dúvida consulte-a, temos certeza que lá terá todas as respostas para sua vida. Que Deus abençoe vocês a cada dia, pois, “...A vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” Pv 4:18 e “Viste a um homem diligente na sua obra? Perante rei será posto: não será posto perante os de baixa sorte” Pv 22:29.

Avante, pois, concursandos “olha toda a terra está diante de ti; para onde parecer bom e reto aos teus olhos que vás, para ali vai” Jr 40:4 segunda parte.



OS CONCURSEIROS DE RONDÔNIA



[i] Bíblia Sagrada, traduzida por João Ferreira de Almeida, 12ª edição, Santo André – SP – Brasil – 2008.
[ii]  Art. 37 CRFB. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da U/E/ D.F/M obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:  II - a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração;
[iii] Para o professor Miguel Reale justiça é a perpetua vontade de dar cada um o que é seu segundo o seu quinhão.
[iv] Disciplina já se disse que é a ponta que liga o seu sonho a sua realização.
[v] Em breve escreveremos artigos de como se preparar em concurso de forma correta. Mas, já tem muita coisa no sítiohttp://www.osconcurseirosderondonia.com.br/search/label/DICAS%20DE%20ESTUDO



Share:

quarta-feira, novembro 30, 2016

PACOTE ANTICORRUPÇÃO: VEJA VOTO DE CADA UM DOS DEPUTADOS DE RONDÔNIA QUE VOTOU POR CRIMINALIZAR JUÍZES, PROMOTORES E PROCURADORES DA REPÚBLICA




A VOTAÇÃO OCORREU NA CÂMARA DOS DEPUTADOS SOBRE O PACOTE DE MEDIDAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO PROPOSTA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, FOI APROVADA NA MADRUGADA DE HOJE, DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2016, COM DIVERSOS DESTAQUES (QUE SÃO SUGESTÕES DE MUDANÇA AO TEXTO ORIGINAL) FORAM SUGERIDOS E APROVADOS PELOS DESPUTADOS, DESFIGURANDO O PROJETO ORIGINAL.

DEVEMOS LEMBRAR QUE O TEXTO ORIGINAL DO PACOTE ANTICORRUPÇÃO TINHA DEZ MEDIDAS E FOI APRESENTADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL COM O APOIO E ESPERANÇA DE 2.000.000 (DOIS MILHÕES) DE ASSINATURAS DE CIDADÃOS.

ASSIM SENDO, APRESENTAMOS COMO CADA DEPUTADO DE RONDÔNIA VOTOU EM RELAÇÃO AO ABUSO DE AUTORIDADE, QUE É UMA DAS PROPOSTA MAIS POLÊMICAS, TENDO EM VISTA QUE HÁ OS QUE DIZEM QUE FEREM A OPERAÇÃO LAJA JATO, OU MELHOR, “ESTANCAR A SANGRIA”.

ESSE DESTAQUE FOI APRESENTADO PELO PDT, QUE CRIA A PUNIÇÃO PARA JUÍZES E MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL POR ABUSO DE AUTORIDADE.

DORAVANTE, A PROPOSTA FOI APROVADA POR 313 VOTOS A FAVOR, 123 CONTRA E CINCO ABSTENÇÕES.

NO ESTADO DE RONDÔNIA, OS DEPUTADOS QUE VOTARAM A FAVOR DA PROPOSTA FORAM: EXPEDIDO NETO, LINDOMAR GARÇON, LÚCIO MOSQUINI, MARINHA RAUPP E NILTON CAPIXABA.

PARTAMENTARES DE RONDÔNIA QUE VOTARAM CONTRA FORAM: MARCOS ROGÉRIO E MARIANA CARVALHO.

POR FIM, HOUVE AINDA UMA ABSTENÇÃO DO DEPUTADO LUIZ CLÁUDIO.


O DESTAQUE APROVADO PREVÊ OS CASOS EM QUE JUÍZES, PROMOTORES E PROCURADORES DA REPÚBLICA PODERÃO SER PROCESSADOS, COM PENA DE SEIS MESES A DOIS ANOS DE RECLUSÃO. ASSIM, ENTRE AS CONDUTAS QUE AGORA PASSARIAM A SER CRIME ESTARIAM A ATUAÇÃO DOS MAGISTRADOS COM MOTIVAÇÃO POLÍTICO-PARTIDÁRIA E A APRESENTAÇÃO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO DE AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA CONTRA AGENTE PÚBLICO “DE MANEIRA TEMERÁRIA”. NESSE CASO, EM ESPECIAL, ALÉM DE PRISÃO, OS PROMOTORES E PROCURADORES DA REPÚBLICA TAMBÉM ESTARIAM SUJEITOS A INDENIZAR O DENUNCIADO POR DANOS MATERIAIS E MORAIS OU À IMAGEM QUE TIVER PROVADO.

LOGO A PROPOSTA ORIGINAL QUE ERA UM PACOTE ANTICORRUPÇÃO VIROU UMA PROPOSTA DE "ESTANCAR A SANCRIA", UMA VEZ QUE VÁRIOS PARLAMENTARES ESTÃO ENVOLVIDOS NOS DESVIO OCORRIDOS NA PETROBRÁS E INVESTIGADOS PELA OPERAÇÃO LAVA JATO.

ATENCIOSAMENTE,

OS CONCURSEIROS DE RONDÔNIA.




QUADRO DE VOTAÇÃO DO ESTADO DE RONDÔNIA

Rondonia (RO)
Expedito NettoPSDSim
Lindomar GarçonPRBSim
Lucio MosquiniPMDBPmdbPenSim
Luiz CláudioPRAbstenção
Marcos RogérioDEMNão
Mariana CarvalhoPSDBNão
Marinha RauppPMDBPmdbPenSim
Nilton CapixabaPTBPpPtbPscSim
Share:

Nota da Procuradoria-Geral da República sobre a votação das 10 Medidas contra a Corrupção



COMBATE À CORRUPÇÃO
30 DE NOVEMBRO DE 2016 ÀS 13H46

Nota da Procuradoria-Geral da República sobre a votação das 10 Medidas contra a Corrupção

Manifestação de Rodrigo Janot foi enviada da província de Hainan, na China, onde ele participa de reunião com procuradores-gerais dos Brics
Foram mais de dois milhões de assinaturas. Um apoio maciço da sociedade brasileira, que também por outros meios se manifestou. Houve o apoio de organismos internacionais. Foram centenas de horas de discussão, de esclarecimento e de um debate sadio em prol da democracia brasileira. Foram apresentadas propostas visando a um Brasil melhor para as futuras gerações.
No entanto, isso não foi o suficiente para que os deputados se sensibilizassem da importância das 10 Medidas de Combate à Corrupção. O resultado da votação do PL 4850/2016, ontem, colocou o país em marcha a ré no combate à corrupção. O Plenário da Câmara dos Deputados desperdiçou uma chance histórica de promover um salto qualitativo no processo civilizatório da sociedade brasileira.
A Casa optou por excluir diversos pontos chancelados pela Comissão Especial que analisou as propostas com afinco. Além de retirar a possibilidade de aprimorar o combate à corrupção – como a tipificação do crime de enriquecimento ilícito, mudanças na prescrição de crimes e facilitação do confisco de bens oriundos de corrupção –, houve a inclusão de proposta que coloca em risco o funcionamento do Ministério Público e do Poder Judiciário, a saber, a emenda que sujeita promotores e juízes à punição por crime de responsabilidade.
Ministério Público e Judiciário nem de longe podem ser responsabilizados pela grave crise ética por que passa o país. Encareço aos membros do Ministério Público Brasileiro que se mantenham concentrados no trabalho de combate à corrupção e ao crime. Que isso não nos desanime; antes, que nos sirva de incentivo ao trabalho correto, profissional e desprovido de ideologias, como tem sido feito desde a Constituição de 1988. Esse ponto de inflexão e tensão institucional será ultrapassado pelo esforço de todos e pelo reconhecimento da sociedade em relação aos resultados alcançados.
Um sumário honesto da votação das 10 Medidas, na Câmara dos Deputados, deverá registrar que o que havia de melhor no projeto foi excluído e medidas claramente retaliatórias foram incluídas. Cabe esclarecer que a emenda aprovada, na verdade, objetiva intimidar e enfraquecer Ministério Público e Judiciário.
As 10 Medidas contra a Corrupção não existem mais. O Ministério Público Brasileiro não apoia o texto que restou, uma pálida sombra das propostas que nos aproximariam de boas práticas mundiais. O Ministério Público seguirá sua trajetória de serviço ao povo brasileiro, na perspectiva de luta contra o desvio de dinheiro público e o roubo das esperanças de um país melhor para todos nós.
Nesse debate, longe de qualquer compromisso de luta contra a corrupção, vimos uma rejeição violenta e irracional ao Ministério Público e ao Judiciário. A proposta aprovada na Câmara ainda vai para o Senado. A sociedade deve ficar atenta para que o retrocesso não seja concretizado; para que a marcha seja invertida novamente e possamos andar pra frente.
O conforto está na Constituição, que ainda nos guia e nos aponta o lugar do Brasil. Que seja melhor do que o que vimos hoje.

Rodrigo Janot
Procurador-Geral da República
Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público

Fonte: MPF
Share:

"Nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça", afirma Cármen Lúcia


Quarta-feira, 30 de novembro de 2016
"Nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça", afirma Cármen Lúcia
A presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministra Cármen Lúcia, divulgou nota oficial nesta quarta-feira (30) na qual lamenta que a aprovação de proposta legislativa que prevê medidas de combate à corrupção venha a ameaçar a autonomia dos juízes e a independência do Poder Judiciário. 
Leia a íntegra da nota:
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, reafirma o seu integral respeito ao princípio da separação de poderes. Mas não pode deixar de lamentar que, em oportunidade de avanço legislativo para a defesa da ética pública, inclua-se, em proposta legislativa de iniciativa popular, texto que pode contrariar a independência do Poder Judiciário.
Hoje, os juízes respondem pelos seus atos, na forma do estatuto constitucional da magistratura.
A democracia depende de poderes fortes e independentes. O Judiciário é, por imposição constitucional, guarda da Constituição e garantidor da democracia. O Judiciário brasileiro vem cumprindo o seu papel. Já se cassaram magistrados em tempos mais tristes. Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça.

Fonte: STF
Share:

quarta-feira, novembro 09, 2016

CENOURA, OVO OU CAFÉ - CONCURSO PÚBLICO.

CENOURA, OVO OU CAFÉ - CONCURSO PÚBLICO. 

Uma concurseira se queixou a seu amigo sobre sua vida e como as coisas estavam muito difíceis, tendo em vista, que ela não sabia mais o que fazer e queria desistir, estava cansada de estudar e preparar-se, sem nenhuma aprovação. Parecia que quando ela exauria uma matéria, logo tinha muitas outras para estudar.
Share:

terça-feira, novembro 08, 2016

OS VERDADEIROS HERÓIS DO NOSSO LOUCO TEMPO



                               OS VERDADEIROS HERÓIS DO NOSSO LOUCO TEMPO
 

    Queria nem perceber algumas coisas, mas... 
   Estar em uma janela, debruçado sobre ela, olhando a rua, o movimento das pessoas indo e vindo, o que vestem, o que levam nas mãos, nada disso é mudo para um poeta. Tudo isso fala alguma coisa em seu espírito observador.
E é assim que, num simples observar de uma rua qualquer, um poeta descobre que ainda existem heróis andando pelo meio das ruas, pelo meio das praças, das ruas movimentadas das metrópoles, mesmo nesses tempos maliciosos de hoje em dia.
    Esses heróis despertaram para a vida heróica assim... repentinamente! Alguma coisa os incitou à  selvagem guerra por uma vaga no mercado de trabalho. Inicialmente talvez incitados por alguma pressão sofrida em casa; talvez porque cansaram de pedir dinheiro aos pais e receber menos do que queriam , então resolveram sair em busca do seu próprio dinheiro; outros simplesmente porque descobriram uma moça que amam e querem poder dividir sua vida com ela, e o trabalho tornou-se um caminho necessário. Enfim, não importa tanto o motivo, mas quando esses jovens resolveram ir em busca do seu próprio trabalho, ao conseguir iniciá-lo e se firmarem nele, tornaram-se heróis, com direito  a derramar suor na batalha como aqueles heróis que aprenderam a ver somente nos filmes, pois agora também batalham no empurra-empurra dos metrôs, das vans e dos ônibus cheios, deixando também ali seu suor; sofrem enquanto sonham com o carro que um dia pretendem ter, símbolo de autonomia e liberdade. Alguns, com uma vaidade maior, planejam  ter um motor bem potente, uma máquina! Outros se satisfariam com qualquer 1.0, mas enquanto sonham, todos eles trabalham, suam, e isso os torna admiráveis heróis nesse tempo de cruel e sangrenta disputa por uma vaga no mercado de trabalho.
    Pensando assim, olhando para trás me orgulho do herói que um dia fui, ainda jovem, num tempo em que sequer havia celular, e os compromissos eram honrados com pontualidade. Hoje se usa o celular para se tentar explicar porque não se chegou a um compromisso ou o motivo do atraso de 2, 3 horas ou mais! A evolução tecnológica parece significar o retrocesso da eficiência humana!
    Conseguir se encaixar no mercado de trabalho hoje, ja é uma graça divina! Com tanta concorrência, com tanta diversidade, com o fantasma da globalização batendo à nossa porta exigindo que o mais simples recepcionista seja bilíngüe, e que um simples gari possua 2º grau completo, feliz daquele que consegue um trabalho digno hoje em dia sem as qualificações exigidas pelo padrão ISO 9002 ! rs!. 
    Nas grandes cidades, esses heróis dos quais falo sofrem horrores para chegar ao seu local de trabalho, começando pelo ritual de acordar para a vida 2, 3 ou 4 horas antes da jornada, para  depois encarar o trânsito neurótico das metrópoles, e ir chacoalhando dentro de um transporte urbano. Já nas pequenas cidades, sofre pela distância que deverá andar a pé até chegar ao seu “campo de batalha”!
    Mas são heróis porque... TRABALHAM!
Um poeta disse, numa música, no tempo da minha infância:
Sem o seu trabalho, um homem não tem honra, e sem a sua honra, se morre, se mata
Nunca esqueci desse texto.
    Jovens que trabalham não são apenas o orgulho de seus pais. São a esperança de suas esposas, noivas ou namoradas. Jovens que trabalham são o parâmetro a ser seguido pelas crianças que os observam. Devem ser, na aplicação mais pura do termo, o orgulho de si mesmos, por terem conseguido entender que viver em sociedade significa justamente entender a importância do trabalho, e lutar por ele.
    Existem, é claro, muitos heróis em potencial, inconformados por não conseguirem se inserir no mercado de trabalho. Se qualificam, estudam,  e muitas vezes esbarram na exigência  patética de uma “experiência” que nunca terão se alguém não lhes der um primeiro emprego, uma primeira chance. Mas apesar de toda sua indignação, continuam tentando, buscando e por isso nesse momento são aprendizes de heróis, o que certamente serão um dia.

    São eles que serão ansiosamente aguardados por suas esposas no  fim do dia Festejados por seus futuros filhos ao abrirem a porta de suas casas no final da tarde, ou até em noite avançada.

    São eles que serão chamados de “senhor”  pelos porteiros e manobristas. São eles que muitas vezes entrarão por suas portas trazendo compras em alguma sacola do mercado para um jantar especial, dando cores vivas e um tom alegre ao convívio em família. A despeito de toda a safadeza que impera na política que nos rege, são esses jovens heróis que pagarão os tributos e perpetuarão o trabalho como eterna atividade digna de honra e proteção das leis.

    Se alguém acha que é ingênuo, pueril, enxergar esses jovens como heróis, veremos se não me darão razão, quando eu lhes disser o que é exatamente o oposto desses jovens sobre os quais falei, ou seja, aqueles que caminham em sentido contrário aos que chamo de heróis. O seu lado oposto são: os preguiçosos; os dorminhocos; os acomodados”. Estes não são guerreiros. São os fracos de vontade. O oposto dos heróis, pois não trabalham. Pelo contrário, tem “horror” ao trabalho!
    Serão os futuros “come-e-dormes” da vida, esperando a morte chegar com a boca escancarada cheia de dentes (ou mesmo sem eles!).
    Então, senhores, ao verem algum jovem andando apressado pela rua; portando sua pasta, vestindo roupa modesta ou mesmo de terno e gravata; pilotando sua motocicleta de entrega ou simplesmente andando apressado para pagar contas que nem são suas; ou cumprindo uma ordem do patrão; ou mesmo que os veja em algum restaurante almoçando em seu sagrado momento; ainda que na alegre e festiva companhia de amigos, se aparentam ter entre seus 16 a 30 anos e trabalham, merecem nosso respeito. Brinde-os com um sorriso, honre-os com um singelo e leve baixar de cabeça. Neste mundo sujo e injusto, nesta sociedade selvagem e sem decência, estes jovens, senhores, são os nossos verdadeiros heróis.
Autor: Sérgio Lopes
Share:

segunda-feira, novembro 07, 2016

OS CONCURSEIROS E A CARROÇA VAZIA!


Certo dia, um concursando caminhava pelo bosque com o seu amigo que, também, era concurseiro e de repente disse: vem vindo uma carroça.

O amigo do concursando, surpreso, disse-lhe: Escuto o barulho do vento nas folhas das árvores, o conta dos pássaros, o barulho da água do rio, mas não ouço nenhuma carroça.

Tente apurar os ouvidos e veja se consegue escutar, disse o concursando.

E o amigo, após alguns segundos de muita concentração, finalmente escutou: Sim, concursando, ouço o barulho de uma carroça.

Muito bem, é o barulho de uma carroça vazia afirmou o concursando.

O amigo ficou mais uma vez surpreso com afirmação.

Como o concursando podia saber, que a carroça estava vazia, sem ao menos vê lá?

E perguntou-lhe: como você concursando pode saber, que está vazia?

É fácil perceber, pelo barulho que ela faz, respondeu o concursando.

Quanto mais vazia, maior é o barulho.

Assim são também as pessoas, meu amigo concurseiro.

Quanto mais falam que concursos é uma furada, que as provas são difíceis, que só passa quem não trabalha, que concursos só tem fraude, que não vale apena e não querem saber se o sonho das pessoas que estão a sua volta é passar em concursos, mais vazias são.

Pois, não querem pagar preço, querem dormir de mais, querem ser os populares, não sabem dar gestos as palavras, querem apenas levar a fama que estudam para concursos, apesar de não possuírem nenhum livro, mas são “concursando”, afinal não são como a fecha que vai em direção ao alvo.

O amigo concurseiro continuou estudando e passou em diversos concursos, bem como, levou consigo este importante ensinamento: Fale pouco, ouça mais, aprenda sempre.

Mantenha o equilíbrio e a serenidade em qualquer situação.

Cuidado para não ser uma carroça vazia. 

Share:

A PARÁBOLA DAS 10 VIRGENS E OS CONCURSEIROS!



A PARÁBOLA DAS 10 VIRGENS E OS CONCURSEIROS!

Concurseiros de Rondônia hoje, no nosso espaço momento com Deus, vamos abordar um novo assunto que é de interesse de todos: “A parábola das 10 virgens e os concurseiros”.

            A referida parábola está no novo testamento, no livro de Mateus, no capítulo 25, a partir do versículo 1 ao 13, vejamos:

Share:

CONCURSEIROS ONLINES

EDITAIS SISTEMATIZADOS

EDITAIS SISTEMATIZADOS
CLIQUE NA IMAGEM

CADASTRE-SE NO NOSSO FÓRUM OSCR

CADASTRE-SE NO NOSSO FÓRUM OSCR
CLIQUE NA IMAGEM E PARTICIPE

GIL CÓPIAS - XEROX E IMPRESSÃO

GIL CÓPIAS - XEROX E IMPRESSÃO
TIRE SUAS CÓPIAS A 0,10 CENTAVOS CADA FOLHA (IMPRESSÃO DAS APOSTILAS DO SITE, TAMBÉM, A ESSE VALOR POR FOLHA) E 0,20 CENTAVOS POR CADA FOLHA IMPRESSA. Tel. 3221-4690 - Porto Velho.

CONVERSA ENTRE CONCURSEIROS






FACE


Marcadores